UNEGRO - União de Negras e Negros Pela Igualdade. Esta organizada em de 26 estados brasileiros, e tornou-se uma referência internacional e tem cerca de mais de 12 mil filiados em todo o país. A UNEGRO DO BRASIL fundada em 14 de julho de 1988, em Salvador, por um grupo de militantes do movimento negro para articular a luta contra o racismo, a luta de classes e combater as desigualdades. Hoje,rumo aos 30 anos de caminhada continua jovem atuante e combatente... Aqui as ações da UNEGRO-RJ

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Debate a participação do Negro no Mercado de Trabalho.


A União dos Negros Pela Igualdade (Unegro) do

Rio de Janeiro realizou no dia 10 /12/2010.

“Fórum EmpregabilidadeSustentável:
igualdade, educação, tolerância e respeito”.


O evento aconteceu no Centro de Artes

Calouste Gulbeiker

A mesa de abertura contou com as participações

da Superintendente de Igualdade Racial da Secretaria

de Assistência Social do governo do Rio de Janeiro,

a atriz Zezé Mota, Adailton Moreira, também

da secretaria

e a Mãe Beata de Yemanjá, com coordenação da

companheira Conceição D’Lissá (foto).


O debateu ainda a empregabilidade, formarem todos os estados e

municípios,e não apenas entre os produtores.


A emenda, aprovada na Câmara, retira dos esta



e municípios de areas produtoras no mar, como


o Rio de Janeiro, os royalties e as participações

especiais que recebem hoje e manda redistribuir dinheiro



a todos os estados e municípios a partir de



critérios como número de habitantes.



Segundo Lula, a medida provisória original,



dos que define a redistribuição dos royalties apenas



para campos do pré-sal ainda não licitados, será



reenviada ao Congresso Nacional. De acordo com



presidente, o projeto aprovado no Congresso é diferente



daquele que foi acertado em acordo com



governadores e lideranças parlamentares. “Eu pretendo,



ao receber a proposta do Congresso, vetar



e colocar a medida provisória que foi a razão do



acordo para que eles votem, no próximo ano, no



Congresso Nacional.”



Ao final foram feitas diversas



homenagens a pessoas que se destacaram na promoção



da igualdade racial.








Por Monica Custodio.


Diretora da UNEGRO


fonte: Sindmetal- jornalista-Marcos




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Da aldeia de Mevzo à cela 466/64-Nelson Mandela, líder sul-africano

A tribo dos Xhosas O povo Xhosa ,são uma Bantu grupo étnico da África Austral vivem no sudeste da África do Sul, e nos dois últimos sécul...