Somos...

Somos...
Rebele-se Contra o Racismo!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

UNEGRO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FAZ SUA PLENÁRIA E FECHA O BALANÇO 2015

Carta da UNEGRO

Negras e Negros Compartilhando o Poder Brasília, novembro de 2011 Carta de princípios da UNEGRO Os militantes da União de Negros pela Igualdade - UNEGRO de todo território brasileiro, reunidos no seu 1º Congresso Nacional, na cidade de Jacareí - SP, em maio de 2000, resgatando a tradição dos lutadores das causas dos negros brasileiros como Zumbi dos Palmares, Luiza Mahin, Luiz Gama, Aqualtune, Osvaldão, Helenira Rezende, Solano Trindade, João Cândido e os líderes da Revolta dos Búzios, e tantos outros que deram suas vidas pela construção de uma sociedade justa onde os afrodescendentes pudessem exercer, de fato, o seu legítimo direito de cidadania, evocando a condição de sujeitos históricos com a nossa felicidade guerreira declaram publicamente que seguirão e defenderão fielmente os princípios abaixo.

Listando:

1. Combater o racismo em todas as suas formas de manifestação, particularmente as ações sistêmicas que impedem o usufruto pleno dos direitos de cidadania.

2. Combater todas as formas de discriminação de gênero, sistêmicas ou não, particularmente aquelas que afetem as mulheres negras, maiores vítimas do sistema racista e machista.

3. Combater a exploração de classe em todas as suas manifestações, colocando-se ao lado dos interesses da classe proletária na sua luta plena pela emancipação do capital.

4. Defender intransigentemente a autodeterminação dos povos.

5. Defender os legítimos direitos de todas as manifestações culturais e religiosas de matriz africana, lutando contra a sua folclorização e apropriação indevida pela indústria cultural.

6. Solidarizar-se com a luta de todos os movimentos sociais e populares que se colocam no campo.

Progressista.

7. Combater o genocídio que o imperialismo pratica contra os povos africanos e afrodescendentes e das nações da periferia do capitalismo, genocídio este que se manifesta pela incitação às guerras pela indústria de armamentos, exploração das riquezas minerais e florestais, descapitalização das nações via o sistema financeiro internacional.

8. Combater o capitalismo neoliberal por entender este padrão de acumulação de riquezas como uma forma de genocídio das populações não brancas.

Nós, militantes da UNEGRO no território nacional, declaramos publicamente que defenderemos estes princípios de forma consciente e voluntária, como parte de um projeto de construção de um futuro feliz para as nossas futuras gerações.


O 4º Congresso Nacional da UNEGRO aconteceu em Brasilia para quase 1.000 filiados.

Nossa plenária nacional em Agosto de 2015 também em Brasilia.

Nos da UNEGRO RJ estaremos dia 11 de Dezembro realizaremos nossa plenária estadual

de preparação, com credenciamento de 08: 30 as 11:00hs- No SINDMETAL( Rua: Ana Neri nº 152 - 3º anadar no auditório) 
 Rumo IIV Congresso Nacional no Maranhão.

Um afro abraço.

A direção

Nenhum comentário:

Postar um comentário